Recrutamento
 
Curso de Formação de Instruendos das FSM (Carreiras de base)

Quem queira ser Polícia, para o bem servir à Comunidade, inscreve-se no Concurso de Admissão ao Curso de Formação de Instruendos das FSM.  Os candidatos que preencham os requisitos de inscrição (pormenores), serão submetidos a exame médico, a provas físicas, a provas de conhecimentos gerais (chinês, inglês e matemática) e a provas psicotécnicas no final.  Os aprovados, serão admitidos ao Curso de Formação de Instruendos (CFI), a ter lugar na ESFSM. Tal curso tem duração de 8 a 10 meses, organizado em 3 fases (instrução básica, especialidade e estágio).  Findo o curso com aproveitamento tomarão posse como guarda de polícia, da carreira de base do CPSP.

Durante a frequência do curso, os instruendos têm direito a uma remuneração mensal de índice 220 (equivalente a cerca de 18,260 patacas). Após a tomada de posse como guarda, têm como índice até 260. E com os demais subsídios e apoios, o salário mensal ronda por volta de 33,500 patacas.

O concurso e curso acima referidos são organizados oportunamente conforme as necessidades em recursos humanos da polícia, e abertura de concurso a coordenar pela Direcção de Serviços das FSM. O aviso de recrutamento é publicado em Boletim Oficial e em jornais, anunciado na rádio e na TDM, bem como também promovido na página electrónica das FSM e da DSFSM.


Curso de Formação de Oficiais (Carreiras superiores)

Inscreva-se no Concurso de Admissão ao Curso de Formação de Oficiais das FSM.  Os candidatos que preencham os requisitos de inscrição (pormenores), serão submetidos a exame médico, a provas físicas, a provas de aptidão cultural (chinês, matemática e físico-química), e a provas psicotécnicas no final.  Os aprovados serão admitidos ao Curso de Formação de Oficiais a realizar na ESFSM, com duração de 4 anos lectivos, seguido de estágio por volta de 6 meses. Findo o curso e estágio com aproveitamento serão habilitados com o grau de licenciatura em Ciências Policiais e serão promovidos ao posto de subcomissário da carreira superior do CPSP.

Durante a frequência do curso, têm direito a uma remuneração mensal de índice 250 no primeiro ano lectivo (equivalente a cerca de 20,750 patacas), e nos seguintes 3 anos, anualmente um aumento de índice 20. Após a tomada de posse como subcomissário, ganha como índice de 540. E com os demais subsídios e apoios, correspondendo a uma remuneração mensal superior a 64,800 patacas.

Os concursos e os cursos acima referidos são organizados oportunamente conforme as necessidades de recursos humanos da Polícia, com abertura de concurso a coordenar pela Escola Superior das FSM, e a abertura de concurso a coordenar pela Direcção de Serviços das FSM. O aviso de recrutamento é publicado em Boletim Oficial e em jornais, anunciado na rádio e na TDM, como também promovido na página electrónica das FSM e da ESFSM.


Cláusulas de utilização e de privacidade. Optimizado para Internet Explorer 9.0 ou superior e 1024 x 768 para melhores resultados de vizualização.
©2010 Governo da Região Administrativa Especial de Macau. Corpo de Polícia de Segurança Pública. Direitos de autor reservados.
Edifício Conforseg., Praceta de 1 de Outubro, Macau
Tel.: (853) 2857 3333  Fax.: (853) 2878 0826  E-mail: psp-info@fsm.gov.mo
Data da última revisão: 14/4/2017